segunda-feira, 4 de abril de 2011

A melhor igreja de todos os tempos

Você sabia que estamos presenciando e experimentando o maior avivamento da História?

Nunca na história eclesiástica os cristãos de um país foram tão unidos em prol da evangelização e da formação de discípulos. Todos jejuam, oram e pregam o Evangelho.


O cristianismo praticado aqui é um modelo para o mundo. Os crentes influenciam as pessoas positivamente, e todas as mazelas estão desaparecendo ou diminuindo. Há cada vez menos miséria, ignorância, prostituição, violência, tráfico de drogas, corrupção, etc.


“Unanimidade” é a palavra de ordem na igreja brasileira, que segue o exemplo da igreja primitiva. É um o coração do povo evangélico. Cada crente em Jesus Cristo frequenta a Escola Bíblica Dominical e/ou as reuniões de estudo bíblico, pois está consciente de que precisa aprender e apreender a Palavra do Senhor.

Nenhum crente em Jesus assistiu ao Big Brother Brasil, pois todos estão cientes de que esse reality show visa à destruição da família, dos valores morais e dos bons costumes. As servas do Senhor também não deixam de ir aos cultos por causa de novelas.

Os programas de TV evangélicos priorizam a evangelização. Eles dedicam cada vez menos espaço à divulgação de pessoas e de produtos, para que haja um bom tempo para a exposição do Evangelho de Cristo, que é poder de Deus para a salvação de todos os que creem.

Não existem divisões. A paz reina soberana entre nós. Calvinistas e arminianos discutem com amor e tolerância; pré-milenistas, pós-milenistas e amilenistas se entendem; batistas e presbiterianos não se alfinetam; pentecostais e cessacionistas não se digladiam na Internet; assembleianos de ministérios diferentes se intercambiam. Todos divergem apenas na exposição de seus pensamentos, mas se consideram irmãos em Cristo.

Líderes e expoentes cristãos têm cuidado de si mesmo e da doutrina, em vez de “cuidarem” da vida dos outros. Os inimigos dos evangélicos não são pessoas, e sim principados, potestades, hostes espirituais da maldade, príncipes das trevas deste século.

Nenhum cristão alimenta ódio ou sentimento de vingança em seu coração. Não existem pessoas invejosas e ameaçadoras em nosso meio, principalmente entre pastores, pregadores e cantores. A humildade e o amor fraternal são as virtudes mais cultivadas por todos os cristãos.

Ninguém se considera superior aos outros nem deseja prejudicar a quem está sendo abençoado por Deus. Nenhum servo do Senhor quer ocupar o palco para zombar de quem está na plateia.

Sabia que até os políticos evangélicos estão fazendo um excelente trabalho? Além de serem cristãos exemplares em sua conduta, apresentam propostas para melhorar a vida de todos os brasileiros. Eles não perdem tempo com discussões inúteis nas redes sociais nem xingam as pessoas que os criticam.

Talvez você não tenha notado, também, que os compositores evangélicos priorizam a mensagem cristocêntrica e as expressões de louvor a Deus. Eles nunca injetam em suas composições bordões comerciais de autoajuda nem expressões triunfalistas que massageiam o ego das pessoas.

Os pregadores brasileiros pregam somente o Evangelho da cruz. Expoentes e cantores evangélicos, na sua totalidade, têm como motivação principal o amor a Deus e ao próximo, e não o amor ao dinheiro e à fama.

Você sabia que os cultos evangélicos, em todas as denominações, são realizados com decência e ordem, seguindo à risca o que está escrito em 1 Coríntios 14? Não existem, em nosso meio, pregadores (pregadores?) malabaristas, espalhafatosos, animadores de auditório. Também não há shows para animar a galera, pois todos os líderes de louvor e cantores estão conscientes de que devem adorar a Deus em espírito e em verdade.

E os grandes congressos da Assembleia de Deus, como estão? Nestes, a Palavra de Deus tem a primazia. Os preletores convidados começam a pregar sempre no melhor momento do culto, quando os ouvintes estão bem dispostos para receber a mensagem.

Também não existe nepotismo no meio assembleiano. Os filhos, netos, sobrinhos e genros de pastores que herdam igrejas — sem nenhuma exceção — foram verdadeiramente chamados pelo Senhor. Todos eles trilharam um caminho normal, sem interferência “superior”, e foram provados, até ascenderem à posição que ora ocupam.

E agora a melhor informação a respeito da Assembleia de Deus: no ano do seu centenário, essa igreja está completamente unida. Não existe mais nenhuma disputa por poder. A tolerância e o altruísmo imperam. Ministros ligados à CGADB e à CONAMAD se amam e lutam juntos em prol de uma igreja vigorosa, que observa a sã doutrina.

Ódio e inveja entre os pastores assembleianos são coisas do passado. Ninguém despreza um companheiro por pertencer a outro ministério. As eleições convencionais são pacíficas, ordeiras e fraternais. Não há vaias e assobios. E os que protestam fazem isso com ética e respeito.

Finalmente, você sabia que todos os evangélicos brasileiros leem a Bíblia diariamente, além de prezarem os bons livros? Aliás, em nosso país, os cristãos leem em média dois livros por mês. E mais de 50% deles já leram pelo menos um livro de Ciro Sanches Zibordi (risos).

Ah, se tudo isso fosse verdade! Mas apenas mais um sonho que tive no dia primeiro de abril...

Ciro Sanches Zibordi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Gnotícias