quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Tragédia ou Benção?

Tragédia ou Benção?
Por Daniel Simoncelos
Não sabemos o dia de amanhã.
“Conta-se uma estória de uma aldeia, onde havia um velho muito pobre. Ele possuía um lindo cavalo branco. Numa manhã ele descobriu que o cavalo não estava na cocheira.
Os amigos disseram ao velho: – Mas que tragédia, seu cavalo foi roubado!
E o velho respondeu: – Calma, não cheguem a tanto. Simplesmente digam que o cavalo não esta mais na cocheira. O resto é julgamento de vocês.
As pessoas riram do velho. Quinze dias depois, de repente, o cavalo voltou. Ele havia fugido para a floresta. E não apenas isso; ele trouxera uma dúzia de cavalos selvagens consigo.
Novamente as pessoas se reuniram e disseram: – Velho, você tinha razão. Não era mesmo uma tragédia, e sim uma bênção.
E o velho disse: – Vocês estão se precipitando de novo. Quem pode dizer se é uma bênção ou não? Apenas digam que o cavalo está de volta…
O velho tinha um único filho que começou a treinar os cavalos selvagens. Apenas uma semana mais tarde, ele caiu de um dos cavalos e fraturou as pernas.
As pessoas se reuniram e, mais uma vez, se puseram a julgar: – E não é que você tinha razão, velho? Foi uma tragédia mesmo, seu único filho perder o uso das duas pernas.
E o velho disse: – Vocês estão obcecados por julgamentos! Não se adiantem tanto. Digam apenas que meu filho fraturou as pernas. Ninguém sabe ainda se isso é uma desgraça ou uma bênção.
Aconteceu que, depois de passadas algumas semanas, o país entrou em guerra e todos os jovens da aldeia foram obrigados a se alistar menos o filho do velho.”
Muitas vezes o que achamos ser uma tragédia pode ser a graça de Deus agindo em nossa vida!
Talvez o deserto onde você se encontra, seja uma forma de Deus te fazer aprender, crescer, depender dEle.
A tempestade que sobreveio sobre o barco de Jonas, era graça de Deus para trazê-lo de volta ao caminho da obediência.
Terça passada estive pregando em um presídio. Ao final daquela pregação fui conversar com um daqueles detentos.
Ele havia entregado sua vida a Jesus naquela noite e me disse assim: “Foi Deus que me trouxe a este lugar para que eu me encontrasse com Ele. Estou aqui apenas por uma semana pois não paguei pensão alimentícia”.
Apenas uma semana! Mas foi marcante para a vida daquele homem. Uma aparente tragédia, talvez tenha sido a maior benção que ele já recebeu, pois tivera um encontro com Cristo naquele lugar!
*** 
Por Daniel Simoncelos (perfil no G+ Social)
Economista e Blogueiro. Um miserável pecador que foi alcançado pela graça e amor de Deus. (@DaniSimoncelos no Twitter) Daniel é casado com Marina e é presbítero da Igreja Presbiteriana Redenção em São Paulo, escreve para o Blog Somente a Graça (http://www.somenteagraca.com).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget

Gnotícias